Disponibilidade das informações Encceja para o próximo ano

Como o edital do Encceja 2024 ainda não foi divulgado, o calendário Encceja 2024 também não está disponível. Por enquanto, somente as datas para 2018 foram disponibilizadas para verificação.

Poucas vezes as datas são modificadas, principalmente o mês de realização de cada etapa. Até então, os períodos ficam assim:

  • Inscrições: 10h do dia 16 de abril às 23h59 do
    dia 27 de abril;
  • Solicitação de atendimento por nome social: 30
    de abril a 4 de maio;
  • Aplicação de provas do Encceja Nacional: 5 de
    agosto;
  • Aplicação Encceja Exterior: 16 de setembro;
  • Provas direcionadas a adultos submetidos a penas
    privativas de liberdade e adolescentes sob medidas socioeducativas que incluam
    privação de liberdade (PPL): no exterior será entre 17 e 21 de setembro. No
    Brasil, 18 e 19 de setembro;
  • Divulgação dos resultados: último semestre do
    ano.

Assuntos que caem no Encceja 2024

Feita a inscrição, é interessante você estudar os assuntos que caem no encceja 2024 para não se prejudicar durante a prova. De acordo com cada segmento, os assuntos ficam disponíveis assim:

Para o ensino fundamental:

  • Língua Portuguesa, Língua Estrangeira Moderna,
    Artes, Educação Física e Redação;
  • Matemática;
  • História e Geografia;
  • Ciências Naturais.

Para o ensino médio:

  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e
    Redação;
  • Matemática e suas Tecnologias;
  • Ciências Humanas e suas Tecnologias;
  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias.

As disciplinas e assuntos foram estipulados de acordo com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), que é aquela ramificação do ensino que deve ser seguida em todos os lugares do Brasil.

Como se preparar para o Encceja 2024?

Para se preparar para o exame, o Inep disponibiliza na sua página, o material didático de apoio aos participantes composto por um volume introdutório, e oito volumes de orientações para o estudante (quatro para o ensino fundamental e quatro para o ensino médio).

Mais algumas precauções para se preparar para o Encceja 2024 devem ser levadas em conta, além de se esforçar para conseguir acompanhar os conteúdos, nós listamos tarefas importantes que você deve se atentar:

  • Ficar de olho no calendário do Encceja para
    cumprir todas as datas;
  • Pesquisar sobre os assuntos que caem na prova;
  • Montar um cronograma de estudos para não deixar
    nenhum assunto sem revisão;
  • Visitar o local da prova e programar o tempo de
    viagem para não se atrasar;
  • No dia da prova, estar com a mente e o corpo
    relaxados, levar: documento de identificação (obrigatório), caneta
    esferográfica azul ou preta (obrigatório), garrafa de água, caneta e lápis de
    reserva.

Resultado Encceja 2024

O resultado Encceja 2024 fica disponível no site do INEP no último trimestre do ano em que a prova foi realizada. Através do portal, basta acessar a área ‘Página do Participante’ e consultar a sua pontuação.

Pontuação Encceja 2024

É necessário conquistar uma pontuação mínima na prova para conseguir o seu certificado, se não conquistar esta nota o candidato precisará refazer o exame no ano seguinte para buscar um melhor resultado.

  • No mínimo, 100 pontos em cada uma das áreas de
    conhecimento;
  • Na redação, a nota é de 0 a 10 – e a média necessária
    para aprovação é 5.

Contato Encceja

Caso surjam outras dúvidas sobre o funcionamento do Encceja 2024, ou se você está com dificuldade para acessar e concluir alguma etapa pode entrar em contato com o Ministério da Educação que é o responsável pela criação da prova.

  • Ouvidorias do Poder Executivo Federal – e-OUV:
    Telefone: (61) 2022-3000. Horário de atendimento: dias úteis, das 8h às 12h e
    das 14h às 18h;
  • Site do INEP.

Ofertas de bolsas de estudos em instituições privadas

Bancar os custos de uma universidade privada não é nada fácil pois as mensalidades podem pesar no seu orçamento ou da sua família. E a crise que se instalou no Brasil afeta diretamente quem deseja realizar um curso no ensino superior.

Mas você não precisa desistir de ter uma graduação no seu currículo. Hoje em dia, no mercado educacional, é possível encontrar diversas maneiras de ajudar o aluno a fazer um curso de ensino superior em faculdades privadas. Pensando nisso, nós selecionamos algumas maneiras de garantir bolsas de estudos em universidades privadas. Confira:

Prouni

O Governo Federal disponibiliza, através do Programa Universidade para Todos (ProUni), bolsas de estudo parciais e integrais em universidades privadas de todo o País para estudantes que comprovam ter baixa renda

Para participar do Programa, o estudante deve verificar quais cursos e instituições pode conseguir ingressar com base na nota de corte do PROUNI dos anos anteriores. Nesse Programa é necessário ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio, Enem no ano anterior, ter tirado uma nota maior que 450 nas provas e não ter zerado a redação.

Programas Estaduais e municipais

Alguns estados e municípios do país oferecem bolsas de estudo aos que desejam estudar em instituições particulares. O Procred (Programa de Crédito Educativo), por exemplo, é um programa do Rio Grande do Sul.

Já no Estado de São Paulo, existe o Bolsa Universidade. Para saber mais detalhes sobre esses programas ou para saber se seu estudo disponibiliza algum benefício estudantil, procure a Secretaria de Educação do seu estado e saiba se ele possui algum projeto parecido.

Bolsas de Universidades

Algumas universidades disponibilizam bolsas de atividades esportivas para alunos que sejam atletas pela faculdade e participe dos campeonatos universitários. Para isso é sempre exigido um bom desempenho acadêmico.

Geralmente as bolsas esportivas podem chegar até 100% de descontos na mensalidade e não necessariamente é preciso ter alguma experiência como atleta. No entanto tudo depende da instituição e do desempenho do aluno nos esportes.

Outra opção são as bolsas de Iniciação Científica, ou seja, bolsas para estudantes que desenvolvem projetos como pontapé inicial para as áreas de pesquisa acadêmica. Normalmente o estudante escolhe um objeto de estudo e em seguida desenvolve um projeto de pesquisa com orientações de um professor.

Além de conseguir excelentes bolsas de estudos, com um projeto de iniciação científica também é possível ter mais facilidade de ingressar em um mestrado ou doutorado, além de também se encaixar mais facilmente no mercado de trabalho.

Programas de iniciativa privada

Algumas empresas de educação também disponibilizam bolsas em Universidades privadas, como o Quero Bolsa, um site especializado na oferta de bolsas de estudos. Esse Programa disponibiliza descontos de até 75% no valor de mensalidades de instituições particulares e não é necessário ter realizado o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) além de também não precisar comprovar renda.

Outro Programa bastante conhecido é o Educa Mais Brasil que disponibiliza descontos de até 70% para cursos de graduação em mais de 18 mil instituições espalhadas por todo País. Para participar é preciso fazer um cadastro no site oficial do Programa, onde você também pode consultar as instituições e cursos, o estado e a cidade de seu interesse.

Tabela de pagamento do benefício PIS

Também é possível saber quanto você receberá de pagamento do benefício PIS 2024 consultando a tabela liberada todos os anos pela Caixa Econômica Federal.

Veja a tabela abaixo com os valores já atualizados para 2024:

Meses trabalhados   Valor do PIS 2024
1 (30 a 44)  R$ 83,16 
2 (45 a 74)  R$ 163,33 
3 (75 a 104)  R$ 249,50 
4 (105 a 134)  R$ 332,66 
5 (135 a 164)  R$ 415,83 
6 (165 a 194)  R$ 499,>00 
7 (195 a 224)  R$ 587,66 
8 (225 a 254)  R$ 665,33 
9 (255 a 284)  R$ 748,50 
10 (285 a 314)  R$ 831,66 
11 (315 a 344)  R$ 914,83 
12 (345 a 365)  R$ 998,00 

Dessa forma você não precisa mais fazer cálculos, pois estes são os valores oficiais de pagamento do PIS 2024.


Calendário do PIS 2024

Para que você não perca de receber o seu benefício, é preciso ficar e olho quando ele estará disponível a você para saque.

Pois o PIS 2024 utiliza o mês de nascimento de cada beneficiário como forma de organizar o pagamento de cada um dos trabalhadores.

Veja abaixo o calendário com as datas de pagamento do PIS:

Nascido em  Recebem a partir de  Crédito em conta 
Julho  26/07/2019  24/07/2019  
Agosto  16/08/2019  14/08/2019 
Setembro  13/09/2019  11/09/2019 
Outubro  18/10/2019  16/10/2019 
Novembro  20/11/2019  13/11/2019 
Dezembro  13/12/2019  11/12/2019 
Janeiro  17/01/2020  15/01/2020 
Fevereiro  17/0 1/2020  17/01/2020 
Março  21/02/2020  19/02/2020 
Abril  21/02/2020  21/02/2020 
Maio  14/03/2020  12/03/2020 

É de grande importância que você respeite o período de saque do PIS 2024, pois caso você demore muito para receber o seu benefício, você pode perde-lo.

Consulta PIS 2024

Caso você deseje fazer uma consulta direta do seu PIS 2024, existem formas distintas de fazer esse procedimento.

Veja abaixo como:

Consulta PIS Online

  • Primeiro você deve acessar o site da Caixa, ou clique aqui
  • Depois insira o número NIS (PIS/PASEP);
  • Insira senha escolhida para internet;
  • Clique em “não sou um robô”;
  • Clique na opção “OK”;
  • Caso você não possua um cadastro no site, basta criar um em “Cadastrar senhas”.

Pronto, após fazer o seu login, você terá todas as informações acima destacadas e outras mais.

Aplicativo Caixa Trabalhador

  • Primeiro, abra a loja de aplicativos do seu celular, ou clique aqui;
  • Depois procure por “Caixa Trabalhador”;
  • Baixe o app;
  • Informe os seus dados e faça login;
  • Por fim, vá em “Consulta PIS” e pronto.

O app da Caixa permite que você faça a consulta do seu saldo do PIS de onde você estiver, sem precisar ir até uma de suas agências, além de oferecer outras diversas funções, veja:

  • Regras e valor do PIS 2024;
  • Valor, cadastro e calendário do Bolsa Família;
  • Valor e regras do Seguro-desemprego 2024.

Consulta presencial

Também é possível fazer uma consulta presencial em uma das agências da Caixa, para isso, você deve estar com o seu cartão cidadão e o cartão de sua conta da Caixa.

Basta ir até em um caixa e com o seu RG fazer a solicitação da consulta.

Saque PIS 2024

Para ser possível fazer o saque do seu PIS 2024, é preciso ter uma conta na Caixa, pois o deposito do benefício é feito diretamente na conta do banco.

Para poder recebe-lo, basta apresentar um documento com foto na boca do caixa, ou apenas utilizar o caixa eletrônico.

Não recebi meu PIS 2024, o que fazer?

Existem alguns erros que podem ocorrer e assim acabar ocasionando uma falha na entrega do pagamento do benefício ao trabalhador.

Os erros mais comuns de ocorrer são os seguintes:

  • RAIS não cadastrada

Para resolver essa questão é preciso procurar o RH da empresa onde você trabalha e pedir um novo envio da RAIS.

Assim que empresa vai enviar a nova RAIS com a inclusão de seus dados, você receberá o abono.

  • Erro de digitação

Caso ocorra algum erro de digitação na sua RAIS, o benefício do PIS será bloqueado, para resolver, basta fazer o mesmo que no item acima.

  • 13° salário

O erro mais comum em relação ao PIS 2024 é a inclusão do 13° salário como remuneração mensal, o que quebra a regra de até 2 salários mínimos mensais.

Para resolver, basta informar ao seu banco que deseja que retirem o 13º como parte do seu salário, e o deixem como uma bonificação trabalhista.

Dívidas com a faculdade? Veja como os estudantes podem negociar

Os custos de educação de qualidade no país ainda são bem elevados e por isso, é comum que os estudantes acabem devendo algumas mensalidades. Se você está estudando a partir de um programa educacional, saiba que você pode conseguir um acordo com a sua instituição e resolver o problema. Quer saber como? Leia o texto a seguir e entenda:

Hoje em dia, existem vários programas educacionais que permitem algumas facilidades para os estudantes. Uma dessas propostas, que representam a ideia da popularização do ensino privado, é o FIES, o maior programa de financiamento estudantil do país.

Os estudantes que participam do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) podem se inscrever para as bolsas de estudo do FIES 2024 e conseguir a menor porcentagem de juros de financiamento do mercado.

O FIES é possível através dessa cobrança de juros, mas para que o estudante consiga pagar esse valor, o programa estabelece um prazo após a finalização do curso para que o mesmo possa retornar esse investimento.

Vale mencionar que o novo FIES já está funcionando e algumas mudanças foram aplicadas como o pagamento trimestral no valor simbólico de R$150.

Ou seja, os estudantes que vão participar das inscrições FIES 2024, já serão inseridos nesse modelo e devem saber que precisarão pagar o valor trimestral independente do seu curso.

Outras iniciativas como o Quero Bolsa e o Educa Mais Brasil também promovem a distribuição de bolsas de estudo, mas diferente do FIES, o estudante não precisa pagar juros, basta cumprir com o pagamento integral de sua primeira mensalidade para receber os descontos.

O estudante pode estar ainda, parcelando esse valor inicial para conseguir a sua bolsa de estudos através dessas inciativas e o não cumprimento das mesmas pode levar ao cancelamento do benefício.

De acordo com o FIES, o número de estudantes devedores cresceu bastante no último ano, o que pode estar comprometendo o futuro do programa.

Se você se encontra em situação de inadimplência com a sua instituição, vale a pena mencionar que algumas medidas podem ser tomadas.

Estamos falando dos acordos que podem ser estabelecidos! Quem estuda através do FIES, pode encontrar assistência através do SisFies ou entrar em contato com a própria instituição de ensino.

No caso de programas como o Quero Bolsa e o Educa Mais Brasil, o ideal é conversar com a instituição e entrar em contato com as inciativas através do telefone ou do e-mail.

Os sistemas poderão oferecer acordos, em que você recebe um desconto na sua dívida e consegue até parcelar em três vezes sem juros sem precisar de cartão de crédito.

Dicas sobre o Sisutec

O sisutec surgiu com o objetivo de auxiliar jovens de baixa renda a ingressarem no mercado de trabalho em bons cargos. O Sisutec é o Sistema de Seleção Unificada para Cursos Técnico, que auxilia jovens a conquistarem vagas gratuitas em cursos técnicos em diferentes áreas de atuação. 

Quem pode se inscrever no Sisutec Cursos?

Podem participar alunos que concluíram o ensino médio em escola pública ou como bolsista integral em escola particular. Os alunos que querem participar do Sisutec 2024 deverão ter realizado a prova do Enem no ano anterior a inscrição no programa e ter obtido nota igual ou superior a 600 pontos nas provas de múltipla escolha e não ter zerado na prova de redação.

É importante ficar atento, pois muitas instituições que oferecem os cursos do Sisutec 2024 exigem um critério de nota mínima diferenciada para a inscrição nos seus cursos, a chamada nota de corte. Se a nota do inscrito não for suficiente, a inscrição não é validada. Além disso, deve-se ficar atento a alguns critérios diferenciados, como idade e escolaridade. No momento da inscrição é preciso informar o número da inscrição do Enem. Confira como se inscrever no Sisu 2024, cursos e vagas disponíveis.

Sisutec Cursos Inscrições – Como se inscrever no Sisutec 2024

É muito fácil se inscrever no Sisutec Cursos. O aluno deverá ter em mãos o número de inscrição do Enem, bem como o login de acesso e a senha da inscrição do Enem. O aluno também deverá se encaixar nos requisitos de inscrição para o Sisutec Cursos 2020, como ter concluído o ensino médio em escola da rede pública ou como bolsista integral em escola particular, realizado a nota do Enem e ter obtido nota superior a 600 pontos e redação não zerada.

Para se inscrever no Sisutec Cursos, o aluno deverá acessar o site oficial do Sisutec. No site, ele precisará utilizar o número de inscrição do Enem para a inscrição. O aluno deverá informar este número, e escolher o curso que deseja realizar, bem como a instituição de ensino mais próxima que oferece este curso. O aluno também deverá escolher uma segunda opção de curso, pois caso não passe em sua primeira opção, há chance de obter resultado positivo na segunda opção. Aí é só esperar os processos de seleção para saber se foi informado.

Cursos Técnicos do Sisutec

O Sisutec oferece inúmeros cursos de nível técnico, afim de capacitar jovens em diversas áreas de conhecimento. Só em 2014 foram oferecidas mais de 299 mil vagas em cursos de nível técnico. São oferecidos pelo Sisutec cursos técnicos em áreas da indústria, comércio, bens e serviços. Os cursos técnicos do Sisutec são oferecidos em instituições de ensino públicas e privadas, sendo nas instituições privadas oferecidos de maneira totalmente gratuita. Grandes instituições são parceiras do Sisutec, como o Senai e o Senac.

Crianças devem estar matriculadas para ter direito ao bolsa família

O Bolsa Família é um dos maiores programas sociais que existe em todo o mundo, já que consegue ajudar milhares de famílias, das mais diferentes regiões do Brasil, as quais, vivem em uma situação de miséria extrema e conseguem, através desse incentivo dado pelo Governo Federal, ter um respiro em sua situação social.

Por conta disso, o Governo Federal deve ter um controle das famílias que recebem esse imposto, fazendo com que elas tenham acesso ao calendário bolsa família 2021 e possam usufruir corretamente desse dinheiro dado.

Assim, umas das obrigações que as famílias devem cumprir quando realizam o cadastro no Bolsa Família, é manter as crianças matriculadas na escola, para que com isso, elas tenham uma melhor educação e possam mudar de vida, tendo assim, um ganho na qualidade e também na forma como elas se alimentam.

Porque a necessidade de estar matriculada

Quando o Governo Federal, ainda na época do presidente Lula, criou o Bolsa Família, a intenção não era apenas promover uma melhor garantia de qualidade de vida para essas pessoas em situação de extrema pobreza, mas também garantir com que as crianças tenham uma melhor educação.

Por isso, existe uma regra bastante rígida quanto a participação das crianças na educação, já que caso a família não consiga comprovar que as crianças estão estudando, se tem o cancelamento automático desse benefício, fazendo com que a família tenha uma maior dificuldade para se manter, sem contar com essa ajuda do Governo Federal.

Por conta disso, existe uma fiscalização constante dos órgãos do Governo, para que as famílias não façam as crianças trabalharem, algo bastante comum principalmente no Nordeste.

Dessa forma, os pais devem guardar os boletins dos filhos para apresentar no dia que eles pedem a apresentação do calendário bolsa família, para que o Governo Federal possa liberar a verba desse programa e assim auxiliar a milhares de famílias por todo o Brasil.

Crianças que não estudam

Caso o Governo perceba algum caso de famílias inscritas na tabela bolsa família 2021, com crianças que não estudam, há um cancelamento automático desse benefício e também uma punição para a família, fazendo com que ela fique 1 mês sem receber esse beneficie e não somente o cancelamento.

Além disso, para quem não possui os filhos na escola, ainda se tem uma questão de ficar marcado dentro do cadastro do Governo, assim, para quem está nessa lista, o Governo Federal vai ficar de olho e caso a criança não volte a estudar, a família pode ficar até seis meses sem receber o benefício, por isso, acaba sendo prejudicada e pode inclusive ter complicações para recadastrar nesse programa social.

Por isso a importância de manter sempre os filhos estudando, fazendo com que esse cancelamento nunca ocorra e dessa forma, as famílias continuem recebendo os seus benefícios, sem ter que arcar com esse cancelamento e também com possíveis punições para esse ato ilegal.

MEC divulga vagas para segundo semestre em universidades

O resultado do ENEM  sai no dia 19 de janeiro, após o anuncio dos resultados do ENEM, as inscrições PROUNI 2023 estarão abertas, para se inscrever basta seguir os passos demonstrados no texto abaixo.

Os estudantes já se preparam para o exame com o intuito de conseguir vaga em seu curso preferido numa universidade no Brasil. No país, temos dois processos seletivos que ajudam os estudantes a conseguirem a tão sonhada vaga. O Prouni será um deles.

O Programa Universidade para todos (Prouni) foi criado para que jovens de baixa renda pudessem cursar uma faculdade através de uma bolsa em universidades particulares.

Datas Prouni

O MEC ainda não divulgou o período de inscrições Prouni, até por que está fechando as inscrições para o 2° semestre do Prouni. As bolsas remanescentes (que não foram aproveitadas) novamente entram no processo para preencher o resto das vagas com estudantes que se candidataram na 1° fase. Para concorrer a essas bolsas, o candidato deve ter feito o ENEM em 2019 e ter nota acima de 450 e não ter zerado a redação. O resultado sai no dia 18 de janeiro e os felizardos devem se matricular nas universidades no mês de Fevereiro.

Com a prova do ENEM 2019 no final de outubro, o resultado do exame deve sair no fim do ano ou no início de janeiro. Com isso, as inscrições do Sisu abrem geralmente nas duas primeiras semanas de janeiro e as do Prouni 2023 nas duas últimas semanas. Então fique ligado aqui no site para ter mais informações.

 Como se Inscrever no Prouni

Você se inscreve no Prouni através do site.  O Prouni libera bolsas parciais (50%) e integrais (100%) e só podem participar os candidatos que comprovarem uma renda bruta mensal de até três salários mínimos por pessoa.  O estudante pode acompanhar a prévia do resultado através do Site Prouni, após realizar sua inscrição. Ele deve escolher duas opções e ficar ligado na classificação.

Prouni Inscrições

Exemplo: O candidato escolhe cursar jornalismo, ele seleciona o curso e tem acesso a todas as bolsas destinadas ao curso nas universidades da sua cidade.  Ele escolhe duas opções, podendo ser para a mesma universidade em turnos diferentes. Escolhendo as duas opções ele tem acesso ao tipo de bolsa (integral ou parcial), número de vagas, universidade, curso e turno. Ele pode acompanhar as escolhas todos os dias até o final do período de inscrição. Caso, ele veja que não vai conseguir a bolsa para as universidades escolhidas, ele pode trocar até o final do período do Prouni inscrições.

O resultado Prouni 2023 sai logo após o término da inscrição e os ganhadores das vagas se inscrevem nas universidades escolhidas em fevereiro. O Prouni possui duas listas de espera que saem a partir de março e os chamados tem até maio para se inscrever na universidade.

Conheça programa privado de bolsas de estudos

O Educa Mais Brasil é um programa de incentivo que oferece descontos para os estudantes que desejam ingressar em alguma instituição particular. O maior objetivo do programa é aumentar a qualidade de ensino do país. Se você tem interesse em ser um estudante beneficiado, continue lendo para descobrir como funciona a distribuição de bolsas do Educa Mais Brasil.

As bolsas do Educa Mais Brasil

Muitas pessoas não sabem, mas o programa Educa Mais Brasil não beneficia apenas quem deseja suavizar as mensalidades do ensino superior. As bolsas também estão disponíveis para o financiamento da educação básica em instituições privadas.

Ou seja, existem vários tipos de bolsa no projeto. Confira abaixo:

  • Educação Básica – De Berçário ao Ensino Médio;
  • Educação Para Jovens e Adultos – EJA;
  • Preparatórios para ENEM e Vestibular;
  • Preparatórios para Concursos Públicos;
  • Cursos Livres Complementares;
  • Cursos Técnicos;
  • Idiomas;
  • Graduação;
  • Pós-graduação.

Quem pode se inscrever

Para concorrer a uma das bolsas, de qualquer categoria, o candidato precisa estar preenchendo alguns requisitos. Tem direito a concorrer aos benefícios do programa, quem:

  • Comprovar sua situação financeira de baixa renda para provar que não tem como arcar com as mensalidades integrais.
  • Nunca tiver realizado matrícula na instituição privada que escolher.
  • Não tiver realizado matrícula em instituições de ensino superior em um período de 6 meses após o fim do ensino médio.
  • Tiver alcançado uma boa nota do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio).
  • For aprovado nos processos seletivos das próprias instituições de ensino.

Como se inscrever

  • Se inscrever no Educa Mais Brasil é fácil e simples. Você fará todo processo de inscrição pela plataforma online, sem sair do conforto da sua casa. O que você deve fazer é:
  • Acessar o site do Educa Mais Brasil.
  • Fornecer ao site a sua cidade para que ele faça uma busca nas oportunidades.
  • Escolher o curso de sua preferência.
  • Avaliar as bolsas disponíveis e os descontos.
  • Selecionar a bolsa que for mais condizente com as suas preferências.
  • Pronto! Depois disso, é só fornecer alguns dos seus dados pessoais para o site e verificar a documentação que você precisará portar quando for comparecer à instituição de sua escolha. Você pode modificar suas informações na plataforma a qualquer instante.

Ficou interessado e deseja conquistar uma bolsa para começar a investir no seu futuro? É simples, basta acessar o site do educa mais Brasil. Outra maneira de ingressar no ensino particular com bolsas de 50 a 100% de desconto é o ProUni, um programa criado pelo governo federal a fim de facilitar o acesso dos estudantes ao ensino superior. Para saber mais, acesse o site do programa.